Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Emagrecer Comendo

Hábitos alimentares, dietas, exercício físico e produtos relacionados com alimentação

Emagrecer Comendo

Hábitos alimentares, dietas, exercício físico e produtos relacionados com alimentação

17
Mar19

Snacks vegetarianos, saudáveis e práticos para levar

emagrecercomendo

Quem é vegetariano sabe que nem sempre é fácil encontrar snacks saudáveis fora de casa. Há sempre gordura animal escondida aqui e ali, ovos ou leite em pó. Se está a fazer dieta, então junte-se ao barco: de certeza que já pegou em dezenas de snacks e “barritas saudáveis" com o equivalente a vários pacotes de açúcar. É por isso que hoje trago uma pequena lista das melhores barritas saudáveis e práticos para levar consigo!

 

Barritas cruas de chia e alperce.

 

 

Barritas de Aveia, Avelã e Chocolate

Não é por acaso que a aveia é um clássico da alimentação saudável - como é um cereal de absorção lenta, a sensação de saciedade prolonga-se durante muito tempo. As avelãs também são por si só um bom snack para comer a meio da manhã, mas esta receita junta ambas as coisas. Mais: acrescentamos também chocolate negro (pelo menos 70% de cacau e baixo teor de açúcar) para criar um snack super energético e saciante.

 

 

Barritas Cruas de Chia e Alperce

No dias que não correm tão bem, o nosso corpo grita por um doce. Esta receita de barritas cruas de chia e alperce (na foto) tem um sabor naturalmente doce graças à pasta de tâmaras e aos alperces, mas são igualmente saciantes e práticas para o dia-a-dia. Mas talvez a parte mais doce seja exigirem tão pouco trabalho: basta juntar todos os ingredientes no processador ou na Bimby e já está! Simples mas muuuuito saboroso. 

 

Barras de Cereais e Amendoim

A aveia é o grande clássico dos snacks saudáveis, mas tem 1001 reencarnações. Esta receita é uma espécie de “granola em barrita”: junta aveia com amendoim e sementes crocantes (linhaça, sésamo e girassol), uvas passas e canela. Aguentam durante vários dias, por isso pode cozinhar no fim-de-semana para levar (e snackar) durante a semana. Não há desculpas para ceder à vending machine do escritório!

 

17
Mar19

A melhor maçã assada no microondas (receita saudável!)

emagrecercomendo

A maçã assada é uma receita do tempo frio, que cheira a Outono e Inverno. Mas agora que a Primavera está quase a chegar, continua a ser uma receita saudável excelente para terminar a refeição ou para comer à hora de ceia, especialmente nas noites mais frias. Esta receita de maçã assada no microondas é tão rápida que se tornar perfeita para os dias mais preguiçosos!

 

A maçã assada no microondas não é igual à maçã assado no forno, que fica mais dourada e com a casca crocante. No entanto, o sabor da polpa e o aroma são os mesmos. Se estiver a comprar maçãs com a intenção de as assar, prefira maçãs ácidas, como a Granny Smith, pois vão contrastar com o açúcar. Recomendo o mesmo para fazer tartes ou crumbles de maçã.

 

Esta receita usa uma mistura de especiarias para temperar a maçã. Embora a minha combinação favorita seja baunilha/ canela/ noz-moscada, por acrescentar ou substituir com outras especiarias a gosto, como o cravinho ou anis. Também pode acrescentar um pouco de gengibre ralado, por exemplo, para ter um efeito anti-inflamatório maior.

 

Vamos então saber como pode preparar maçã assada no microondas em poucos minutos?

 

Ingredientes:

  • 1 maçã
  • 1 colher de chá de açúcar mascavado ou mel
  • 1 colher de café de essência de baunilha (opcional)
  • canela em pó (a gosto)
  • noz-moscada (a gosto, opcional)
  • vinho do Porto (a gosto, opcional)

 

Instruções:

  1. Remova o centro da maçã com um descaroçador e coloque-a numa taça apropriada para microondas.
  2. Misture a canela, a baunilha, a noz-moscada o açúcar e polvilhe o centro da maçã. Também pode usar mel, que é uma fonte de açúcar natural e vai criar ainda mais molho.
  3. Leve ao microondas durante 5 a 6 minutos na posição média. Mantenha-se atento até a maçã assar no ponto que mais gosta.
  4. Coma sem culpa e à colherada, começando pelo centro! Cada colher deve vir repleta de aromas e sabores das especiarias, com um molho intenso e doce.
10
Mar19

Vale a pena fazer uma dieta vegetariana para perder peso?

emagrecercomendo

Nos dias que correm, todos temos um ou dois amigos que são vegetarianos. Há cada vez mais pessoas que optam por uma dieta livre de carne e peixe, enquanto outras excluem todos os produtos de origem animal, como o leite e os ovos. Mas ser vegetariano não é uma dieta qualquer para emagrecer - é uma opção e um estilo de vida.

 

Normalmente, quem é vegetariano não o é para perder peso. Os vegetarianos também recusam roupas de pele, camurça e pêlo, exactamente por terem origem animal. Na verdade, a dieta vegetariana também não é hipocalórica - a maioria dos vegetarianos recorre às leguminosas para ingerir a proteína de que precisa.

 

Ainda assim, para algumas pessoas a dieta vegetariana pode levar à perda de peso. Isto acontece porque o peixe e a carne são ricos em gordura de origem animal. Se costuma ingerir demasiada gordura na dieta, então a dieta vegetariana pode ser uma forma de perder algum peso.

 

Isto porque os hidratos de carbono que ingerimos nas leguminosas são mais fáceis de “queimar” do que os lípidos (a gordura), que são a última camada que o nosso corpo elimina. Além disso, há sempre opções como o tofu, que apesar de rico em proteína tem pouquíssimos hidratos de carbono e poucas calorias.

 

Mas, sem dúvida alguma, o maior atrativo de uma dieta vegetariana é a facilidade. Muitas dietas famosas têm “fases”. A maioria exige cálculos sobre o número de calorias que estamos a digerir e que precisamos de desgastar. No que diz respeito à dieta vegetariana, é tudo mais fácil de entender: eliminar os produtos de origem animal. Simples.

 

Se nunca experimentou fazer uma dieta vegetariana, talvez valha uma tentativa. Além dos benefícios para a saúde, lembre-se que deixar de comer carne é mais benéfico para o ambiente do que deixar de andar de carro. Caso não consiga deixar de comer peixe e carne, então procure carnes brancas e peixes magros.

 

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D