Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Emagrecer Comendo

Hábitos alimentares, dietas, exercício físico e produtos relacionados com alimentação

Emagrecer Comendo

Hábitos alimentares, dietas, exercício físico e produtos relacionados com alimentação

27
Ago19

Ideias de Snacks para Comer no Trabalho

emagrecercomendo

Sou uma fiel seguidora da Not So Girly Girl. E agora que as férias estão prestes a acabar, este post sobre snacks para comer no trabalho chamou-me a atenção. Aqui ficam algumas das minhas melhores sugestões:

 

Chips de vegetais. Chips caseiras de beterraba, pastinaca, batata doce ou mandioca. Um snack perfeito para quem gosta de “salgadinhos” mas precisa de controlar melhor a quantidade de gordura e sal. Todas elas são de absorção lenta: as de beterraba e de pastinaca são especialmente hipocalóricas, enquanto a batata doce e a mandioca são ricas em fibra.

 

Hummus e cenouras. Feito a partir de grão de bico, o hummus é um snack de absorção lenta e bastante saciante. Mas para baixar a quantidade de hidratos de carbono neste snack, o ideal é acompanhar com vegetais “crocantes”, como a cenoura, aipo ou até pepino. Se quiserem arriscar mais um pouco, podem escolher hummus de pimento! 

 

Frutos secos. Os frutos secos são um snack clássico para meio da manhã ou da tarde. Pode optar por um só fruto (nozes, amêndoas, amendoins) ou misturar vários. De qualquer forma, é sempre um snack saciente, rico em “colesterol bom” e baixo em calorias. Além disso, não precisa de o preparar todos os dias: pode ter frutos secos sempre prontos a levar!

 

Queijo fresco com tostinhas de arroz. O queijo fresco é rico em proteína e tem poucas calorias. Mas para não comer o queijo sozinho, nada melhor do que acompanhar com 2 ou 3 tostas de arroz ou de milho. Não se esqueça é de deixar o queijo no frigorífico do escritório! 

 

Tosta de abacate com fiambre de perú. Para quem não resiste a uma sandwich ou quer um lanche/almoço. O abacate é rico em gorduras saudáveis, o que significa que é perfeito para "enganar" o estômago. Para completar, uma fatia de fiambre de perú, magro mas rico em proteína. Use pão com cereais, tostas de milho ou tortilhas integrais. 




23
Abr19

Como fazer guacamole saudável

emagrecercomendo

Estar de dieta não significa que os pequenos prazeres da vida estejam proibidos. Pode mais colorido (e novos sabores) à sua alimentação com a ajuda de uma receita tipicamente mexicana: o guacamole. Feito a partir abacate, este clássico da cozinha mexicana é 100% natural, saudável e muito saciante.

 

A receita é uma herança dos Aztecas - aliás, a palavra vem do Nahuatl, a língua dos Aztecas. Significa “molho de abacate”, embora seja mais uma espécie de acompanhamento para tortilhas de milho ou nachos. Tornou-se popular na cozinha Tex-Mex e saltou das Américas para a Europa.

 

Aprenda a fazê-lo em casa e acompanhe com palitos de cenoura, chips de batata doce (no forno), chips de mandioca ou tostas integrais. O snack ou a entrada perfeita para um jantar de amigos!

 

 

 

Ingredientes

  • 2 abacates maduros
  • 2 tomates (opcional)
  • 1 dente de alho
  • 1 lima
  • Salsa ou coentros
  • Sal
  • Pimenta

 

Preparação

 

  1. Abra os abacates maduros ao meio. Depois, retire a pele (ela deve sair facilmente) e deite o abacate em pedaços para uma taça. Use uma colher para deixar os abacates em puré, até obter uma mistura cremosa. Se não estiver a conseguir, pode usar uma varinha mágica. Ninguém vê ;)  
  2. Use um espremedor e deite o sumo da lima ao abacate. A lima é um dos ingredientes principais da cozinha mexicana. Neste caso, não é só pelo sabor - a acidez também vai evitar que o abacate escureça e que o guacamole fique acastanhado.
  3. Corte os tomates em pedaços pequenos. Pique o alho e a salsa. Misture com o puré de abacate. A receita original mexicana não leva tomate, mas há cada vez mais receitas com tomate e até com cebola. O molho fica mais colorido e com outro sabor!
  4. Deite sal e pimenta a gosto. Saboreie!

 

Dica: se usar uma colher para retirar o interior do abacate, pode usar a pele para fazer uma “barquinha” e servir o guacamole mais tarde.

 

Esta receita de guacamole foi adaptada daqui.

 

17
Mar19

Snacks vegetarianos, saudáveis e práticos para levar

emagrecercomendo

Quem é vegetariano sabe que nem sempre é fácil encontrar snacks saudáveis fora de casa. Há sempre gordura animal escondida aqui e ali, ovos ou leite em pó. Se está a fazer dieta, então junte-se ao barco: de certeza que já pegou em dezenas de snacks e “barritas saudáveis" com o equivalente a vários pacotes de açúcar. É por isso que hoje trago uma pequena lista das melhores barritas saudáveis e práticos para levar consigo!

 

Barritas cruas de chia e alperce.

 

 

Barritas de Aveia, Avelã e Chocolate

Não é por acaso que a aveia é um clássico da alimentação saudável - como é um cereal de absorção lenta, a sensação de saciedade prolonga-se durante muito tempo. As avelãs também são por si só um bom snack para comer a meio da manhã, mas esta receita junta ambas as coisas. Mais: acrescentamos também chocolate negro (pelo menos 70% de cacau e baixo teor de açúcar) para criar um snack super energético e saciante.

 

 

Barritas Cruas de Chia e Alperce

No dias que não correm tão bem, o nosso corpo grita por um doce. Esta receita de barritas cruas de chia e alperce (na foto) tem um sabor naturalmente doce graças à pasta de tâmaras e aos alperces, mas são igualmente saciantes e práticas para o dia-a-dia. Mas talvez a parte mais doce seja exigirem tão pouco trabalho: basta juntar todos os ingredientes no processador ou na Bimby e já está! Simples mas muuuuito saboroso. 

 

Barras de Cereais e Amendoim

A aveia é o grande clássico dos snacks saudáveis, mas tem 1001 reencarnações. Esta receita é uma espécie de “granola em barrita”: junta aveia com amendoim e sementes crocantes (linhaça, sésamo e girassol), uvas passas e canela. Aguentam durante vários dias, por isso pode cozinhar no fim-de-semana para levar (e snackar) durante a semana. Não há desculpas para ceder à vending machine do escritório!

 

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D